Inscreva-se para receber as novidades!
Show More

© 2020 por Juliana Rodrigues. Todos os direitos reservados.

Ambientes personalizados: vale a pena contratar marceneiros para móveis planejados?


Quem está procurando apartamentos para vender conhece bem aquela sensação de dúvida em relação à mobília que será colocada no imóvel após a aquisição do mesmo.

Um dos principais questionamentos de quem acabou de comprar uma casa nova (ou ainda está à procura de casas à venda) é se vale a pena ir a uma loja atrás de móveis planejados, ou se a melhor opção é contratar um marceneiro para cuidar do serviço.

Na verdade, existem prós e contras para ambos os lados. Tanto comprar móveis planejados em uma loja possui seus benefícios, como contratar um marceneiro para o serviço também. Nesse artigo, nosso objetivo será apresentar esses prós e contras e, aí, fica a cargo de você escolher qual a melhor opção para o seu caso.

Há diferenças entre o MDF dos marceneiros e o das lojas?

No geral, não há diferenças relevantes entre o MDF oferecido por lojas e o utilizado por marceneiros. Para você ter uma ideia, as lojas não mudam nem os nomes das cores.

Mas, para não dizermos que não existe nenhuma diferença, algumas lojas mais famosas e maiores fazem, às vezes, parcerias com as fábricas de MDF para produzir uma cor ou outra que seja exclusiva da sua marca, como é possível observar facilmente em um ou outro kitnet à venda.

Então, basicamente, a única diferença que pode haver entre o MDF das lojas e o dos marceneiros é o acabamento e o corte. Mas vale ressaltar que, se o marceneiro que você contratar e as máquinas que ele possuir forem de alta qualidade, nem mesmo essa diferença irá existir.

Há diferenças entre móveis laqueados de lojas e os feitos por marceneiros?

O MDF que já vem laqueado de fábrica e que é disponibilizado para os marceneiros é geralmente brilhoso e vem com poucas opções de cores. Muita gente acaba não gostando dos que possuem brilho e só gostam dos laqueados semi-foscos ou acetinados.

Se esse for o seu caso e você realmente queira contratar um marceneiro, uma opção é mudar um pouco o seu projeto para adaptá-lo às cores de madeira que você preferir.

Se você achar também que o móvel laqueado é essencial para o seu projeto, peça ao seu marceneiro (ou à pessoa indicada por ele) por uma amostra do laqueado em um pedaço avulso de madeira, assim você pode garantir que a qualidade vai ser boa.

Em relação ao laqueado disponibilizado nas lojas, realmente nem se compara com as opções que os marceneiros oferecem. São, sem sombra de dúvidas, bem melhores.

Então, o que escolher? Loja ou marceneiro?

Tudo depende da quantidade de dinheiro que você tem disponível e da confiança que você tem com a loja e/ou com o marceneiro. Dependendo do estado ou cidade onde você mora, o valor do orçamento da loja pode chegar até o dobro do valor do trabalho de um marceneiro profissional de qualidade.

Além disso, se o seu marceneiro não for de confiança mesmo, é questionável que ele lhe dará alguma garantia pelos seus móveis, diferentemente das lojas que sempre dão garantia de, pelo menos, um ano.

E, um detalhe à parte, é que quase todos os arquitetos fazem os projetos de suas casas com marceneiros já conhecidos, porque sabem que eles conseguem deixar os móveis com a mesma qualidade das lojas por uma fração menor de preço.

Resumindo então...

Para você que ainda está em dúvida em relação às lojas ou marceneiros, separamos aqui um breve esquema com os principais prós e contras de cada um dos serviços. Assim, você pode terminar a sua pesquisa por apartamentos para vender e casas à venda a tempo de saber qual opção para móveis planejados será a melhor para o seu novo lar.

Argumentos pró-lojas:

- As opções em relação aos acabamentos estão entre as maiores vantagens. Dobradiças e ferragens usadas pelas marcas de planejados, por exemplo, têm geralmente uma qualidade bem superior à de uma marcenaria, além de uma maior tecnologia aplicada às peças.

- Grandes lojas têm acesso a máquinas, acessórios e materiais que as marcenarias não têm.

- As marcenarias não têm opção a não ser comprar os produtos que estão disponíveis no mercado, enquanto que as lojas têm maiores opções de escolha, já que atuam diretamente com quem desenvolve e cria os produtos.

- Nas lojas, os clientes podem ver, desde o início, como vão ficar as divisões, acabamentos e ferragens.

- Como sempre há marcas que se responsabilizam pelos problemas, as lojas oferecem uma segurança maior quanto à manutenção e garantia do projeto (em alguns casos, a garantia pode chegar a até cinco anos).

- Apesar do custo ser maior, as marcas oferecem opções boas de parcelamento.

Argumentos contra as lojas:

- As marcas das lojas trabalham com módulos de desenhos e tamanhos preestabelecidos, então é sempre necessário adaptar o seu projeto aos layouts e medidas disponíveis.

- As lojas dão um prazo médio de entrega de 45 dias, então se as partes dos móveis vierem com defeito ou derem problema na montagem, você vai ter que esperar mais 45 dias até que tudo esteja pronto, enquanto que o marceneiro pode fazer a troca imediatamente.

Argumentos pró-marceneiros:

- Como o trabalho é realmente feito sob medida, você consegue aproveitar cada centímetro disponível.

- Com um trabalho bom de marcenaria dá para criar composições e detalhes diferentes sem ficar preso a um padrão de acabamento.

- Um projeto pode ser 30 a 50% mais em conta, já que envolve um custo menor de ponto de venda e vendedores.

- Se o ambiente for mais enxuto, o custo benefício costuma ser maior na contratação de um serviço de marcenaria. Se você estiver procurando por um kitnet à venda para se mudar, talvez um marceneiro seja a melhor opção para te ajudar com os móveis planejados.

Argumento contra os marceneiros:

- Para começar a execução dos serviços, os marceneiros cobram altas taxas de entrada e permitem o parcelamento do restante do valor em até quatro vezes, no máximo. Se você estiver fazendo só uma reforma, essa questão pode ser um grande entrave.

E aí, tem algum amigo que também está na dúvida se contrata uma loja ou um marceneiro para o serviço de móveis planejados? Compartilhe o artigo e deixe ele saber também dos benefícios de cada um.

Guest post por: Chaves na Mão.

#Mobiliário #Dicas #Designdeinteriores #Marcenaria

23 visualizações